sábado, 25 de maio de 2013

Toda terça

Eu sou daquelas pessoas que manipulam seu destino sem destreza.  Tantas vezes pude perceber minha não habilidade para coisas corriqueiras. Falar? Sempre preferi ouvir. Eu faço muito por todos. Tentativa de aprovação e aceitação. Espero retorno e ele   nunca vem. Corro. Sou míope. Olhar escuro. Tropeço e choro logo de manhã. Sou fruto mal construído. Desci as escadas. Estava na praça. Chegaram de carro. E o meu futuro evaporado?
E minha planilha não sustentada?
E minha falta de money?
E minha mola do mundo?
E a terça feira?
Texto: Wandréa Marcinoni
Baseado em sentimentalismos fugazes em noite de sábado
Imagem: Tatiana Deriy

Nenhum comentário:

Postar um comentário