sexta-feira, 29 de abril de 2011

Tua casa



Hoje...já no final da tarde...como se fosse uma carta escrita em papel envelhecido...ela recebeu o tal e-mail...com a confirmação de suas dúvidas...e com o tom menos pesaroso do que esperaria. Em seguida em ato automático optou por desligar a máquina. De cabeça aquecida...coração em brasa...pulso em frequência aumentada...fechou a porta...apoiou-se na cama e buscou no guarda roupas o santinho que a mãe havia dado. Diz-se que é o santo das causas impossíveis. Atrás há uma oração e após lê-la deve-se fazer o tal pedido...aquele que não sai da sua cabeça...e assim o fez...por acreditar que das coisas envelhecidas e meio tortas pode surgir vida...aquela vida de outrora que se encaixa em imperfeições...mas que faz dela...a mesma de antes.
Texto: Wandréa Marcinoni
Imagem: Jenene Chesbrough

Nenhum comentário:

Postar um comentário