domingo, 10 de outubro de 2010

Auspicioso



Lembro-me de ter me deixado cair no sofá com o corpo entorpecido pelo medo. De ter fechado os olhos. De ter sentido frio. De ter deixado que as lágrimas lavassem as incertezas que riscavam minha alma. De não ter encontrado a fé no escuro. De não ter sentido os pés pela angústia de continuar seguindo. De sentir-me só. De sentir-me só e de ter doído.
Texto: Flávia Vida

Imagem: Andreea Anghel

Nenhum comentário:

Postar um comentário