terça-feira, 16 de maio de 2017

Desconstrução

Minha perna que dói
Meus ossos fracos que estalam
Minha alma que vagueia no meio do caminho
A encruzilhada, os percalços, os pensamentos
Meus pés que já não têm pra onde ir
Os meus olhos e todo o meu sentimento derramado
Deito na maca e digo 33
Mas já passo dos 40
Eletrodos instalados
Músculos que contraem sem intenção
E ainda os tremores
O tempo que passa
O relógio conta as horas
Já passa das duas
E eu já vou embora

Wandréa Marcinoni

Nenhum comentário:

Postar um comentário