quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Adoro palavras soltas



A poesia fez morada em mim. Agora passo os dias com as palavras em conta gotas. Elas gostam de ser assim e eu, como o cálice e o vinho, me dou o direito da plenitude.
Texto: Wandréa Marcinoni
Imagem: Anne Julie

Nenhum comentário:

Postar um comentário