segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Fogos de artifício


Façamos um pacto: deixe todos os seus planos de lado, induza-me ao erro mais de uma vez, deleite-se nas mesmas quimeras de antes, fale o que vier à cabeça, fale do improvável, do inexequível, do contestável e impopular, carregue-me nos braços, me encante como no começo, esquente meus pés, diga-me palavras descabíveis, anteceda-se, torne-se o outro...aquele que você nunca foi. Eu, da minha parte te recito poemas, te compro livros que nada têm a ver com você, te levo na cama um chá, os jornais do dia e as minhas interrogações. Enquanto isso...você faz cara de paisagem e diz que me ama...como só acontece nos filmes que gosto de ver. Depois...você esquenta a cama e comigo faz amor...muitas vezes e como se fosse pra vida inteira...
Texto: Wandréa Marcinoni
Imagem: Andy Barter

2 comentários: