sábado, 8 de outubro de 2011

A garota e o girassol


O ditatorial certame, o enxame, o farto passado, a falta e a ausência...
Tudo que latejava e contorcia...
Tudo o que era medular...
O que fazia pulsar mais rápido...
O que enchia de lágrimas...
Ela não sabia...ou era eu...
Eu que inexisto sem ela...
Ela que tem personalidade própria e que dá passos sem mim...
Ela é que é flor e que gira em torno do sol...
É fagulha...
Ela sou eu...com mais palavras e mais detalhes...
Eu sou ela quando engulo o que penso...
Somos garotas...exaltamos o amarelo, choramos lágrimas tortas...
Andamos em ruas com pessoas e vazios...
Costuramos situações de maneiras diferentes...
Oramos por amor...
É como andar na chuva olhando um arco-íris...
É como tecer bordados em papel de seda...
É como entrar no mar ao final da tarde...
É ser e existir em duas pessoas...
Só eu sei quem ela é...
Só ela me conhece...
E para dar um tom de crônica, escrevemos em conjunto.
Texto: Wandréa Marcinoni
Imagem: Fred Calleri

Nenhum comentário:

Postar um comentário