terça-feira, 3 de maio de 2011

Cartas e letras são bobagens


Nas cartas que escrevi pra você...não usei tinta fresca...nem papéis velhos.
Nas cartas que escrevi pra você...nítida foi a tentativa de te impressionar.
Nas cartas que escrevi pra você...não evidenciei meus dotes.
Não era tática...era a verdade.
Bem...nas cartas que escrevi a ti...só queria dizer...que pra mim...não há qualquer coisa que me impeça de te amar...
Texto: Wandréa Marcinoni
Imagem: do arquivo pessoal

Nenhum comentário:

Postar um comentário