domingo, 1 de maio de 2011

Branca como folha de papel em branco


Ando vazia de palavras porque elas se acabaram todas em outro papel. não formaram nenhum desenho bonito, como espero que sempre façam, mas estão lá, dizendo as coisas sérias que precisam ser ditas. também me acabou a sede de ler outras coisas. das que a gente sente quando lê. que é porque meus olhos estão cansados e a cabeça cansou de acompanhar sentidos: só pensa em lógica. por isso, o tempo em branco, em repetido. é puro cansaço de viver de ideias. já que passa…

Texto do Blog pés de amora
Imagem: Benjamim Lacombe

Nenhum comentário:

Postar um comentário