quarta-feira, 27 de abril de 2011

Para bom entendedor meia palavra basta ou o detetive


Muitas vezes eu tentei acreditar que era pura invenção...
Aquilo que pensei ou vi ou senti...
Retifiquei todas as falas...
Contei minutos e segundos...
Ostentei pequenas jóias sem valor...
Sem justificativas plausíveis perdi minha razão...
Gostaria de ter o dom da desventura, pois que há
Urgência em me fazer entender.
E entender muitas vezes não é fácil...
Dentre tantas outras coisas que seriam necessárias...
Então me conformo e me enquadro nos padrões...
Sem razão...eu desisto de tentar...
Texto: Wandréa Marcinoni
Imagem: http://girlhookedonbooks.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário