segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

No ar de novo com o sorriso do gato da Alice


Hoje ela saiu de casa no final da tarde, entrou no carro e deu a partida com a pressa habitual. Antes de sair havia se vestido em preto e branco (nada mais clássico). Ao chegar ao destino...não foi preciso entregar a chave ao manobrista...havia uma única vaga...estacionou ali. Desceu do carro...entrou na sala...havia o vídeo...que mostrava em narrativa o quanto se pode reverter radicalmente o caminho previamente traçado...o que ela não sabe ao certo é o que poderia mudar. Com o passar dos dias o filme se repetiu...e quando o via só conseguia sorrir. Sorriu...e sorriu...um sorriso bobo e com cara de paisagem...mas aquele sorriso...ele...ele sim era só dela.
Texto: Wandréa Marcinoni
Imagem: Desconheço a autoria

2 comentários: