domingo, 1 de novembro de 2009

Meu jeito Amélie de ser


O filme mais adorável que já assisti foi o fabuloso destino de Amélie Poulain. Sensível, encantador, suave, doce, sonhador e cheio de fantasia. Isso tudo sem levar em conta a bela fotografia e a trilha sonora imperdível. Quando saio no meu carro e me coloco a ouvir aquelas musiquinhas instrumentais que exalam amor e aventuras, me transporto pra outro mundo, penso estar em Montmartre e me imagino vivendo as mesmas situações. Sim, é verdade: eu tenho um jeito Amélie Poulain de ser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário