quinta-feira, 21 de junho de 2012

Fragmentos


Certas noites dei pra falar dos filmes que não assisti.
Como se sobre mim pairasse aquela névoa da sala de cinema fechada.
Poltronas vermelhas e luzes apagadas.
A vaga lembrança de um jornalista bêbado, poetas malditos e assassinatos em série.
O difícil é lembrar das histórias com plenos detalhes.
Mas histórias e filmes às vezes não precisam ser contados.
Eles já falam por si.
Texto: Wandréa Marcinoni

Nenhum comentário:

Postar um comentário