quarta-feira, 4 de abril de 2012

O amor não muda o sonho


Então deram um beijo doce como o mel...
E logo outro e outro...
Tantos, que já não mudaram de sonho.
Texto: Xerado Quintiá
Imagem: Maurizio Quarelo

Nenhum comentário:

Postar um comentário