domingo, 13 de novembro de 2011

A janela e os pássaros


Quando cheguei perto de ti...esqueci que tudo é assim...
Cheguei porque era à tarde...por causa das poesias...dos livros e letras...da história...das cartas... da proteção...da família...do cuidado...
A poesia em primeira página...as fotos no celular...a continuidade que não veio...
A intenção do afastamento...firmemente estampada alternando com a visão cor-de-rosa e borrada( preferível pra mim )... boba tentativa de blindar sentimentos fadada ao fracasso antes do primeiro ato...
O dia em que pensei tentar...o mesmo em que decidi desistir...
Não foi a última vez...não foi um até breve...não foi nada...foi tudo...foi luto ...foi o avesso...foi estar fora do ar e não pisar no chão....
No dia em que parti, tinha as pernas trêmulas, a maquiagem borrada, a ausência, a desesperança e novamente uma tarde...que talvez não existisse...que talvez nunca se fizesse tarde se eu não fosse quem eu sou....e se eu nunca estivesse estado em sua sala ouvindo porcos com asas...
Texto: Wandréa Marcinoni
Imagem: Holly Clifton Brown

Nenhum comentário:

Postar um comentário