terça-feira, 12 de abril de 2011

Como pistache


Hoje tudo me pareceu estranho...mil imagens bagunçadas...do começo, meio e fim, mas não necessariamente nessa ordem...como se eu houvesse pego todas as lembranças...e as houvesse posto em um pequeno saco de seda vermelha( que é pra ficar mais bonito ou talvez mais poético) e começado a balançar... Tudo se misturou...pensamentos com sentimentos com aflição e minha vaga esperança...tornando tudo mais confuso. Ás vezes tenho interrogações...me pergunto o que foi verdade ou mentira...penso em culpa...se houve mesmo perjorativamente minha total responsabilidade. Pergunto o que é erro...já que havia tanta vontade de acertar...mas a cada dia me certifico que há o irremediável...e dou aquele lento e pequeno mas firme passo em rumo ao desapego...

Texto: Wandréa Marcinoni
Imagem: Nicoletta Ceccoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário