segunda-feira, 11 de abril de 2011

A grande família ou nós que aqui estamos por vós esperamos


Hoje ela foi à casa da futura enteada na tentativa de estreitar algum vínculo...ou mesmo saber em que terreno estava pisando...entrou um pouco desajeitada...julgando-se pelo inusitado da situação. Ela planejava assim: ser ela mesma...coisa difícil...para um primeiro encontro...mas estava determinada. Gostava dele...faria tudo e algo mais pela convivência feliz...tudo para estar ao seu lado...até mesmo tremer nas bases diante de um julgamento tão importante para o futuro dos dois...Pensou em dizer assim: "eu amo seu pai...e ele te ama...e portanto...tudo que é importante para ele o é também para mim...quero que estejam felizes e quero respeitar seus espaços...e só farei o que me permitir. Sou amável...de poucas palavras, mas de alegria se me conheces de verdade. Já pensei em viagens...em compartilhar momentos felizes...em cuidar dos cachorros...em presentes...e até mesmo...planejei trocar o carro...para que caiba nossa nova grande família"...pensei tudo isso...mas não disse...não deu tempo...
Texto: Wandréa Marcinoni
Imagem: Nicoletta Ceccoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário