sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Será que foi?


Há dias que penso o quanto é bom sentir-se em casa...estar firme...convicta...com seus sentimentos organizados...ou quase. Ela é assim...fugiu de casa...viveu intensa e initerruptamente a ânsia de amar. Sucumbiu ao sofrimento...achou que era impossível reavivar o que estava desbotado...mas sentiu a fadiga após tanto esforço. Havia vezes em que mal abria os olhos..a claridade era ofuscante. Mas eis que os dias passam...as horas passam também...e agora ela calmamente abre o livro...lê curtas frases...e chega a sonhar que aquilo não foi com ela...

Wandréa Marcinoni

Nenhum comentário:

Postar um comentário