domingo, 18 de julho de 2010

As palavras me avivam os olhos


" Assim como era no princípio, como é agora e como sempre será, um mundo sem fim"
" Fiz dos fragmentos as escoras para minhas ruínas"
Trechos encontrados no livro o ano do pensamento mágico...

Nenhum comentário:

Postar um comentário