sábado, 5 de dezembro de 2009


Quando me perguntas quem sou eu, mergulho num oceano abissal. Sou um ser misterioso...cheio de segredos que até de mim mesma escondo. Pra me definir...quem sabe algo como sentimental ou emocional...na plenitude da palavra...eu sou assim...até queria mudar, mas todos os dias penso que a única certeza é a impossibilidade. Sou sempre emoção: quando ouço uma música, quando assisto um filme, quando converso com alguém com idéias admiráveis, nas situações menos espetaculares e mais dentro do comum...consigo transformar com minha imaginação melodiosa em poéticas fantasias...desde criança...desde sempre...e às vezes me questiono se há essa necessidade iminente da mudança...porque eu não sei...porque eu não quero...porque eu não entendo...

Um comentário:

  1. talvez porque um coração tão lindo caiba apenas num corpo que sinta/crie/flua mais q o racional possa explicar/calcular/acertar/smoar ou subtrair.bjbj

    ResponderExcluir