terça-feira, 10 de novembro de 2009

Poesia há...há...e em todo lugar!


Um quarto, deitado...

tem poesia.

O colchão, não.

A terra da geada fresca,

a chuva que cai, a noite, o luar.

Até o arado tem poesia,

mas, a vaca... não.

O mar, imensidão,

a pele, textura fina.

A piscina?

Eu me pergunto:

Em que pé dá poesia?

Adriana Karnal

Nenhum comentário:

Postar um comentário