segunda-feira, 25 de julho de 2011

It's the past


Maitê era uma menina que contava estórias...
Lembrava dos dias em que ia na padaria da esquina comprar manteiga envolta no papel...
Lembrava do dia da morte da Elis Regina...quando comoção geral se fez lá na Rua das Flores...
Lembrava do dia em que sua irmã tomou querosene como quem toma uma garrafa de guaraná...
Lembrava da tia Nevinha... e do Jardim de Infância Becassine...
Lembrava do dia em que correu e jogou a lata na cabeça de Maria Odília...
Lembrava de Aldenora...forte e fraca...
Lembrava do passado para não esquecer quem ela é.
Maitê hoje é fragmento em preto e branco de algo que já foi colorido.
É hoje composição de piano...sem nota em destaque.
Ela é.
E tem certeza disso.
O que ela não sabe é se dos fragmentos e retalhos dá pra se fazer uma canção.
Texto: Wandréa Marcinoni
Imagem: Ana Juan

2 comentários:

  1. Eu acho que dá. Uma canção e mais um poema. Por que o melhor é sempre o que está mais ali, adiante. Inspirando novos poemas, suscitando novas canções. Beijo grande.

    ResponderExcluir