terça-feira, 1 de março de 2011

Sem comentários


”Prefiro a cultura à erudição. Cultura é um conjunto de conhecimentos que nos dá instrumentos para transformar a realidade. Erudição é um conjunto de conhecimentos cuja única utilidade é mostrar que temos… erudição. É a cultura inútil. Existem pelo menos três palavras na língua portuguesa com esse prefixo ‘eru’: erupção, aquela coisa desmedida, exagerada, arrasadora de um vulcão ou a erupção de um furúnculo; eructação, nada mais que um arroto; e erudição, eru-dicção, quando se sabe muito sobre um assunto e se fala, fala, fala. Nenhuma das três me interessa.”

Texto: Paulo José, no livro “Memórias Substantivas
Imagem: Desconheço a autoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário